Sejam todos muito bem vindos!

Sejam todos muito bem vindos!

Criadouro de Aves Domésticas Ornamentais

Olá!!!

Seja bem-vindo ao nosso BLOG. Aqui, você encontrará dados e informações a respeito das aves que criamos, além de outros assuntos inerentes ao mundo da Ornitologia, ciência que estuda as nossas amadas aves.



21 de nov de 2011

Budgerigar Society Club Show 2010 - 3ª parte

Budgerigar Society Club Show 2010 - 2ª parte

Periquitos Australianos em Vida Livre na Austrália.

Budgerigar Society Club Show 2010 - 1ª parte

Vídeo super-interessante dos POAs apresentados na exposição de Periquitos Ingleses mais famosa do mundo: a Budgerigar Society Show!

Criação 2011 - alguns resultados

Olá!!!

É fato que 2011 não está sendo um ano muito bom para a criação.
Vários podem ser os motivos, mas acredito que a combinação de alguns com certeza estão afetando a produtividade.

O principal deles é o meu tempo disponível para me dedicar ao plantel.

Não basta cuidar, tem que ser criador, sentar num banquinho dentro do criadouro e ficar observando as aves.

Perdi alguns filhotes de canários em função disso. Deixei de reparar que a mãe estava se "aprontando" para a próxima ninhada mais cedo do que o normal, deixando a cria de lado.

Nas pombinhas diamantes, ainda não acertei a mão. A minha desconfiança em relação ao casal cinza x canela se tratar de duas fêmeas estava certa.

Adquiri outro casal, prata x canela prateado, e quando resolvi colocar o macho prata com o maacho cinza, não foi surpresa alguma ver o prata cortejando o cinza, resultado: estão chocando.

Agora estou com duas fêmeas (canela e canela prateado) sem par.

Se algum amigo tiver experiência em criá-las, ou conhece alguém que tenha, preciso trocar informações quanto ao hábito alimentar dos rolinhas.

Nos periquitos australianos ingleses, nada.

Nos comuns, que  eu adoro, um casal nem sequer aprontou, já o outro está em sua terceira postura.

Macho AR Malva x Fêmea Albino.

Sei que para se manter um pardão de qualidade num plantel de ingleses de exposição, tal casal seria totalmente desaconselhável, mas como são POAs comuns, os meus dois casais são de machos AR x Albinas.

Para o casal que está criando, muitos filhotes Normais Malvas, obviamente, portadores de AR e os machos de AR mais INO.

Também nasceu um Opalino Cobalto, e me parece macho.

Com base nas cores dos filhotes, já posso ter uma idéia do genótipo camuflado no fenótipo da mãe albina: elá é uma Opalina Albina Cobalto, se o filhote opalino for mesmo macho.

Já o paizão AR Malva, me demonstrou ser port. de Opalino, com certeza!

Até agora rs rs rs veremos os demais filhotes.

A minha idéia em  relação aos POAs comuns é, com os filhotes dos dois casais de AR x Albino, abrir em duas linhas, uma para os INOS e outra para os AR fundo Branco (adoro esta cor!!).

Buscarei um padrão de corpo bem definifo e bonito, com boas marcações. Não pretendo incluir verdes na linha dos ARs.

Já nos INOs, talvez eu incluia algum verde para produzir lutinos. Também penso na linha dos INOs produzir os Rendados/Lacewings ... por isso o fator opalino veio a calhar, pois darão porte aos filhotes e excelentes marcações aos Rendados!

É isso aí meu povo, estou feliz pois voltei a criar as aves que adoro e posso arriscar que gosto mais dos periquitos do que dos canários!